Como usar o Metrônomo – Não perca tempo: O Guia Definitivo!

Uns tem calafrios quando escutam esta palavra.

Outros, já gostam muito.

Descubra porque ele é tão importante para o músico, e aprenda agora de uma vez por todas como usar o Metrônomo, neste Guia Definitivo.

como usar metronomo

Como Estudar com Metrônomo

Preparamos uma série especial e gratuita de aulas no YouTube, onde você vai aprender como tocar com o metrônomo corretamente.

Ao seguir as nossas orientações, você vai aprimorar cada vez mais sua técnica musical e desenvolver a sua consciência rítmica.

Todos as aulas estão disponíveis no nosso Canal do YouTube.

As aulas contam com diversos exercícios com metrônomo , explicações detalhadas, ilustrações e exemplos práticos.

Aula #1 – Nunca Mais Toque Fora do Tempo

Aula #2 – Tocando Tercinas

Aula #3 – Juntando Tudo

Aula #4 – Tempo Interno

O que é metrônomo?

O Metrônomo é um tipo de relógio que indica o andamento musical com pulsos sonoros de duração regular.

Ele pode ser mecânico ou digital.

Como ele pode ajudar o músico?

Basicamente, o metrônomo pode ajudar o músico de duas formas:

1) Melhorando a técnica

Muitos estudantes da música passam horas treinando no seu instrumento, tentando melhorar a sua técnica.

como usar metronomo no violao
Melhorando a técnica – uma das utilidades do metrônomo.

Mas a grande maioria dessas pessoas não sabe que, ao realizar este tipo de treino com o auxílio do metrônomo, o rendimento do estudo será muito mais proveitoso.

Desta forma, o resultado esperado poderá ser alcançado muito muito mais rápido, com muito menos esforço.

Obs.: Não importa se o seu instrumento é violão, teclado, piano, ukulele, guitarra, flauta e etc… O metrônomo sempre irá te ajudar!

2) Tocando no tempo

Um dos piores erros é errar sem saber que está errando. E isso acontece quase sempre com que não tem o hábito de estudar com o metrônomo.

Normalmente o estudante de música treina focado nas notas da melodia e harmonia, e acaba deixando os estudos de tempo e ritmo em segundo plano.

A consequência deste hábito, geralmente é um músico técnico e habilidoso, que toca as notas certas nos momentos errados.

Então, não adianta nada você saber o que tocar, sem saber quando tocar.

Segue o baile…

Quando usar o metrônomo?

Existem algumas situações na vida de um músico, em que o uso do metrônomo é opcional.

Porém, em alguns casos o uso do metrônomo é praticamente obrigatório. E é exatamente nesses momentos em que muitos músicos bons acabam deixando a desejar.

Veja agora algumas destas situações:

1) Treinos

O uso do metrônomo deve ser algo constante na vida do músico. Não deve haver um fim para esta prática. É pra toda a vida.

treinar com metronomo
Crie o hábito de treinar com metrônomo.

Quando estamos falando de treino, seu uso é fortemente recomendado, principalmente nas seguintes situações:

  1. ao aprender um novo instrumento;
  2. ao aprender uma nova técnica;
  3. ao aprender um novo ritmo musical;
  4. ao aprender uma nova música.

E para as quatro alternativas acima, o uso do metrônomo se dá praticamente da mesma maneira. E vamos te ensinar já já como fazer isso.

2) Gravações

Aqui não tem jeito. Não da pra gravar sem metrônomo.

Para gravar a sua banda, é preciso tocar no Click, ou seja, tocar no tempo certo.

O princípio aqui é o seguinte: cada instrumento é gravado separadamente, baseado no mesmo BPM, ou seja, na mesma velocidade. E para isso, cada músico irá usar o metrônomo na sua gravação.

Depois que todos os instrumento e a voz forem gravados individualmente no click, o produtor irá “juntar” as gravações e sincronizar com base no BPM definido anteriormente.

Após isso, o som do click é retirado da gravação e a música fica certinha, com todos os instrumentos em sintonia, graças ao nosso amigo metrônomo.

Obs.: em alguns casos bem específicos, onde a música a ser gravada leva somente um violão e uma voz, o metrônomo não é utilizado na gravação, com o objetivo de proporcionar uma dinâmica diferente para a música.

3) Shows e apresentações ao vivo

É cada vez mais comum o uso do metrônomo nos shows e apresentações ao vivo.

Isto ocorre normalmente, porque as bandas atuais se apresentam utilizando uma base com playback de outros instrumentos durante a execução das músicas.

E para a banda tocar junto com o playback sem perder o tempo, é preciso usar o metrônomo. Normalmente o baterista se encarrega de tocar escutando o click para guiar a banda. Mas em alguns casos, todos os músicos também tocam enquanto escutam o click.

Por isso, é tão importante estar acostumado a tocar ouvindo e prestando atenção nas batidas precisas do metrônomo.

Como usar o metrônomo para tocar?

Antes de tocar rápido, toque devagar.

como tocar rapido
“Devagar e sempre…”

Por isso, quando estiver prestes a pegar uma música nova que seja difícil para você, ou então um exercício novo para desenvolver a sua técnica no instrumento, faça o seguinte:

1) Escolha uma velocidade confortável

Ligue o metrônomo e toque a música ou trecho musical que você escolheu para treinar, em uma velocidade que não seja tão devagar, mas também não tão rápida. Normalmente a velocidade de 60 BMP funciona bem para começar.

2) Acelere aos poucos

Depois de definir a velocidade inicial, toque o trecho escolhido até não errar mais. Quando você não errar mais, aumente a velocidade em 5 ou 10 BPM.

Repita este processo até chegar ao velocidade desejada.

3) Seja calmo e persistente

Na maioria das vezes, você vai precisar de mais de um dia de treino para atingir os seus objetivos.

É importante respeitar o seu organismo.

Por exemplo: quando você sentir que não consegue mais aumentar a velocidade sem errar, para e volte mais tarde ou até mesmo no dia seguinte. Esta pausa é muito boa para que o seu corpo e sua mente possam assimilar melhor o novo movimento.

Dica

É melhor treinar um pouco todos os dias do que treinar muito, somente um dia.

Veja aqui como fazer isso e otimize os seus treinos.

Exercícios com metrônomo

Se você ainda não tem o hábito de treinar com o metrônomo, separamos alguns exercícios para você ir se acostumando aos poucos.

Obs.: Faça os exercícios com bastante calma e paciência. Não desista!

1) Contando e batendo o pé no tempo

  • Escolha um compasso (aconselhamos 4/4) e uma velocidade (aconselhamos 60 BPM);
  • Repare atentamente a cada batida que o metrônomo toca e identifique a batida mais forte. Esta batida será o primeiro tempo do compasso.
    Obs.: Alguns metrônomos não têm uma batida mais forte. Nestes casos, você pode escolher qualquer batida para ser o primeiro tempo;
  • A partir da batida mais forte, conte em voz alta todos os tempos do compasso juntamente com o metrônomo (1, 2, 3, 4, 1, 2, 3, 4…);
  • Agora tente bater o pé junto com os tempos do compasso, sem parar de contar.

Quando estiver conseguindo fazer isso, passe para o próximo exercício.

2) Contanto e batendo o pé (variação)

  • Conte os tempos do compasso continuamente;
  • Sem parar de contar, bata o pé nos tempos 1 e 3;

3) Contanto e batendo o pé (variação 2)

  • Conte os tempos do compasso continuamente;
  • Sem parar de contar, bata o pé nos tempos 2 e 4;

4) Contanto e batendo o pé (variação 3)

  • Conte os tempos do compasso continuamente;
  • Sem parar de contar, bata o pé nos tempos 1 e 4;

5) Contanto, batendo o pé e a mão

  • Conte os tempos do compasso continuamente;
  • Sem parar de contar, bata o pé nos tempos 1 e 3;
  • Agora, enquanto conta e bate o pé, bata palmas nos tempos 2 e 4;

Metrônomo Online

Se você não tem um metrônomo, não fique triste.

Existem diversas opções grátis online, e nós listamos a seguir algumas deles para você escolher:

Uma outra opção bastante viável é baixar o metrônomo no seu smartphone ou iPhone. É bem fácil e geralmente, grátis.

Não há mais desculpas para não estudar com o metrônomo. Sendo assim, solta o click, e não perca o tempo!

Quer continuar aprendendo? Então conheça o nosso Minicurso Grátis de Teoria Musical para Iniciantes.

Faça o que você ama. Ame o que você faz.

4 comentários em “Como usar o Metrônomo – Não perca tempo: O Guia Definitivo!”

Deixe um comentário