Escala Cromática e Cromatismo

Escala Cromática

A escala cromática engloba todas as 12 notas existentes no nosso sistema tonal. Neste tipo de escala, todos os intervalos são de semitons.

Ao representarmos esta escala de maneira ascendente, devemos utilizar sustenidos. Quando utilizarmos a escala de maneira descendente, utilizaremos bemóis. Veja a seguir:

Ascendente:

Dó – Dó# – Ré – Ré# – Mí – Fá – Fá# – Sol – Sol# – Lá – Lá# – Si

Descendente:

Dó – Ré♭ – Ré – Mí♭ – Mí – Fá – Sol♭ – Sol – Lá♭ – Lá – Si♭ – Si

Aseguir, temos a mesma escala escrita de maneira ascendente e descendente no pentagrama:

Escala Cromática

Cromatismo

Quando executamos uma sequência de notas separadas por intervalos consecutivos de semitons, temos o Cromatismo.

Para facilitar o entendimento, podemos pensar em Cromatismo como uma espécie de “empréstimo” de um trecho da Escala Cromática. Veja o exemplo a seguir:

Cromatismo: um "pedaço" retirado da Escala Cromática

No exemplo acima, o cromatismo acontece nas notas indicadas (Sol, Sol#, Lá, Lá# e Si).

Como e quando utilizar?

A escala cromática inteira, praticamente não é utilizada em execuções musicais. Normalmente fazemos uso de pequenos trechos deste tipo de escala (cromatismo), com o objetivo de criar sensações sonoras diferentes, “fugindo” do padrão da escala da música executada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.