Tocando a Escala Maior em 12 Tons na Guitarra

Conheça Nossa Loja Virtual

Livros, eBooks e Cursos para o seu Desenvolvimento Musical

Mais uma série de extrema utilidade para vocês. Nessa nova sequência de vídeos, iremos mostrar como tocar as Escalas Maiores em todas as 12 Tonalidades ao longo de todo o braço da Guitarra.

E para isso nada melhor que utilizarmos os Ciclos Tonais. Mostraremos como dominar tudo isso em 12 tons através dos Ciclos de Quartas e de Quintas.

Escala Maior nos 12 Tons Utilizando o Ciclo de Quartas

Lembrando que para compreender bem o vídeo, é importante que você já domine bem os 5 shapes da Escala Maior na Guitarra. Caso não saiba eles, confira aqui.

Inicialmente vamos usar o ciclo de quartas como base para poder passar por todos os 12 tons várias vezes ao longo do braço da guitarra. Com ele passamos por todos os tons e sempre utilizaremos os bemóis (b) nos acidentes que aparecerem.

Basicamente, no ciclo de quartas temos as tonalidades na seguinte ordem:

C – F – Bb – Eb – Ab – Db – Gb – B – E – A – D – G

Iremos utilizar essa ordem para praticar as escalas (utilizando somente os 5 shapes do link que botei acima). Dessa forma, sempre iremos trabalhar em uma mesma região, movimentando pouco, e nos forçando a encontrar o shape mais próximo que se aplique a cada tonalidade que mudamos.

Assim, ao passar por todos os 12 tons, teremos andando um pouco pelo braço, dando conta do que seria a primeira região do braço da Guitarra (entre a case 3 e 5, mais ou menos). Então, devemos repassar pelos 12 tons mais 4 vezes, pois iremos, de pouco em pouco, andando pelo braço a cada vez que passamos pelos 12 tons.

A forma de aplicar os shapes é muito melhor de ser compreendida pelo vídeo :).

Escala Maior nos 12 Tons Utilizando o Ciclo de Quintas

Agora vamos ver como tocar novamente a Escala Maior em todo o braço da Guitarra, só que agora utilizando o ciclo das quintas. Assim, pensaremos nas tonalidades com os sustenidos (#) – exceto quando chegamos nos tons de D#, A# e E#, pois as escalas enarmônicas correspondentes desses tons possuem menos acidente, portanto, daremos preferência a elas.

Basicamente, no ciclo de quintas temos as tonalidades na seguinte ordem:

C – G – D – A – E – B – F# – C# – G# – D#(Eb) – A#(Bb) – E#(F)…

Aqui o processo será muito parecido com o do ciclo de quartas, porém, iremos andar aos poucos para trás, ou seja, do fim do braço até o início.

Mas a essência do treino se mantém, ou seja, passar por todos os 12 tons repetidas vezes e ir andando aos poucos pelo braço do instrumento.

Novamente, o raciocínio do uso dos shapes é muito melhor se for visto por vídeo.


Se por acaso você também ainda não está muito familiarizado com os Ciclos das Quartas e das Quintas, dê uma olhada nesse post aqui que irá te dar uma luz!

Qualquer dúvida é só perguntar aqui pra gente ou no próprio canal do youtube, beleza?

Grande abraço e bons estudos!

Gabriel Miguez


Conheça Nossa Loja Virtual

Livros, eBooks e Cursos para o seu Desenvolvimento Musical

Opus 3 | Ensino Musical

Os irmãos Álvaro Fusco e Gabriel Miguez são Professores e Co-Fundadores da Opus 3 Ensino Musical.
A Escola, que foi fundada em 2014 já transformou a vida de centenas de alunos em seus anos de história.
Com o enorme sucesso da escola física, os irmãos sentiram a necessidade de criar um espaço virtual.
Foi criado então o blog da Opus 3.
Neste espaço virtual, qualquer pessoa, de qualquer lugar do mundo tem a oportunidade de aprender música.
🤍

Deixe um comentário