Tipos de guitarra: Um guia para se conhecer melhor…

Compartilhe a Música

Conhecer a si mesmo é uma das coisas mais importantes na vida de qualquer ser humano, e também uma das mais difíceis.
Da mesma maneira, conhecer bem o equipamento, tipos de guitarra, madeira, captador e amplificadores que você tem, é fundamental para poder tirar o melhor proveito deles e também para saber o que você realmente precisa “incorporar” ao seu som, criando timbres que lhe agradem.
Tipos de Guitarra
Muita gente sonha em ter os amplificadores famosos, pedais de boutique e guitarras tops do mercado sem nem saber alguns aspectos básicos (e que podem fazer enorme diferença) do setup que já possuem.
E, justamente por isso, acham que o que elas já têm não é bom o suficiente. Resumindo: a grama do vizinho é sempre mais verde.
A verdade é que dá pra fazer muita coisa e produzir ótimos timbres com equipamentos relativamente simples e que cabem no bolso de quem não pode investir muito.
A questão é se você está disposto a pesquisar, experimentar, falhar… pesquisar, experimentar, falhar novamente…até acertar.
Claro que você pode tornar esse processo mais divertido e com resultados mais rápidos. Estamos aqui para isso.
O primeiro passo é trabalharmos com o que temos. Depois devemos prestar atenção em quais artistas/canções teremos como referência e inspiração para, então, identificar o que queremos/precisamos.

O que você já possui?


Provavelmente você tem no mínimo uma guitarra e amplificador, certo? Se não, veja ao final do post um breve guia falando sobre os principais tipos de guitarra e nossa postagem falando sobre tipos de amplificador.

Pergunte a si mesmo.

Após essa etapa, algumas perguntas são importantes para você começar a conhecer melhor seu instrumento.

  • Você sabe qual é o tipo de guitarra que possui?
  • Qual o tipo de madeira do corpo e do braço?
  • Sabe quais tipos de captadores que ela possui?
  • Qual a espessura da corda que está usando?
  • Sua pegada é com a mão ou palhetada?

Essas perguntas são essenciais para você conhecer o básico do seu instrumento. É nele (e na sua mão) que o som começa.
Após definir suas respostas pesquise os guitarristas e músicos que você gosta e se inspira. Veja os tipos e as características das guitarras que eles usam. Encontre as semelhanças e diferenças com a sua. Veja o quão próximo ou distante você está (a princípio) deles.
Faça o mesmo com o seu amplificador.

  • Valvulado ou transistorizado?
  • Qual a potência?
  • Quantos e quais tamanhos do alto-falante?
  • É cubo, combo, stack, etc?
  • Quais parâmetros você consegue controlar (grave, médio, agudo, presença, ganho, reverb, etc.)
  • Possui canal de drive?
  • Possui saída para tocar em linha?
  • Possui entrada para footswitch?

Em seguida faça a mesma pesquisa. Quais os amps usados por guitarristas que são referências suas nas canções e albums que você mais gosta? Veja pontos em comum com o que você tem.
Atenção, esta etapa não é para você ficar frustrado e catando guitarras e amplificadores caríssimos na internet. Isto é apenas para autoconhecimento e para você descobrir qual a sonoridade você mais se identifica, para depois começar a traçar estratégias de como alcançá-las.
Diante disso vamos começar uma série de postagens para te ajudar a conhecer melhor seu equipamento e o que o mercado pode te oferecer para que você possa tomar decisões sábias na hora de montar seu setup e produzir os timbres desejados.

Para começar, vamos de tipos de guitarra…

Veremos os tipos de guitarra mais comuns e suas respectivas sonoridades.
Lembre-se que, além do tipo de guitarra, você também deve conhecer sobre as madeiras, captadores, amplificadores, pontes pedais, cordas, pegada e um pouco de propriedades físicas do som. Dessa forma você terá conhecimento do essencial para começar a trabalhar no seu timbre.

Stratocaster

guitarra Stratocaster
Guitarra: Stratocaster

Modelo mais clássico e versátil, com relação a gêneros musicais. Do Rock ao samba ela consegue dar conta do recado muito bem. Consagrada pela marca FENDER, guitarristas como David Gilmour, Eric Jhonson e Dire Straits marcaram suas composições com as Stratocaster.

SG

Guitarra SG
Guitarra: SG

Os modelos SG chegaram no mercado para serem guitarras típicas de Rock, com um material mais leve e confortável do que as clássicas Les Paul. E deu Certo.
Esse lançamento da GIBSON caiu nas graças de um dos guitarristas mais influentes e com timbre muito característico: Angus Young.

Flying V

Guitarra Flying V
Flying: V

Surgida na década de 1950 esta guitarra impactou com seu design futurista. Mais um modelo caracterizado por muito peso no seu timbre, ideal para quem quer tocar Rock pesado.
Kirk Hammet, James Hettfield são alguns dos feras que usam este modelo.

Telecaster

Guitarra Telecaster
Guitarra: Telecaster

Também muito utilizada no pop e no rock, a Telecaster foi muito bem recebida por guitarristas e Country e Blues, devido a sua sonoridade mais “vintage“. Mais um tipo que a FENDER consagrou.

Les Paul

Guitarra Les Paul
Guitarra: Les Paul

Essas são guitarras com um timbre normalmente mais cheio, encorpado e “gordo”, com um peso equilibrado, sem exageros. Muito boa para diversos estilos, mas tem seu maior destaque no Rock.
A marca GIBSON é a grande reconhecida difusora deste tipo. Se você quer uma referência para este tipo de guitarra tenho apenas um nome: SLASH.

Semiacústica

Guitarra Semiacústica
Guitarra: Semiacústica

Guitarras marcadas por um timbre mais “fechado”, com boa presença de graves e médios, muito utilizadas para estilos como Jazz e Bossa Nova.
Pesquise guitarristas como Wes Montgomery, Jim Hall e Joe Pass que você vai entender o que estamos falando.

E aí? Já escolheu seu tipo de guitarra?

Esses são os principais tipos de guitarra que você deve ver no mercado.
Nós citamos aqui as principais marcas que produzem estes modelos, porém, você não precisa começar por elas, pois são extremamente caras. Temos outras marcas como Ibanez, Tagima, Condor, Strinberg, Giannini, etc, com preços bem mais acessíveis e de qualidade.
Pense com calma, pesquise bem os artistas e veja qual tipo de guitarra se encaixa melhor ao seu perfil,vontades e necessidades.
Pronto! Agora você já deu o primeiro passo e conheceu os principais modelos de guitarra.
Está na hora de conhecer sobre os materiais que compõem as guitarras, como tipos de madeira, captadores e pontes, pois eles também são extremamente importantes na definição do timbre e na hora de tomar decisões.
E você? Já tem um tipo de guitarra preferido? Comente e compartilhe com seus amigos!

2 comentários em “Tipos de guitarra: Um guia para se conhecer melhor…”

Deixe um comentário